General   Fundación para la Diabetes

Quinze portugueses desafiam a diabetes e participam no projeto espanhol “Caminhar pela Diabetes 2019”

Compartir: 

Todos os anos, cada vez mais pessoas decidem deixar a sua pegada nas rotas que constituem os “Caminhos de Santiago”. Este ano, a Fundação para a Diabetes, com o apoio da Novo Nordisk, e associações espanholas de pessoas com diabetes quiseram voltar a calçar os ténis com dois objetivos: o primeiro e mais importante, promover hábitos de vida saudável entre as pessoas com diabetes; e o segundo, treinar para um grande desafio e realizar as cinco etapas dos Caminhos de Santiago.

Desta forma, quinze pessoas com diabetes da Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal (APDP) juntaram-se a esta iniciativa e iniciaram os treinos para desafiar a diabetes e demonstrar que, com a prática diária de atividade física, é possível manter os níveis de glicose no sangue controlados e finalizar com êxito esta jornada. A  meta não são os Caminhos de Santiago, de facto, este é só o princípio, pois o objetivo é criar rotinas que levem as pessoas com diabetes a incorporar a atividade física no seu quotidiano.

Ana Mateo, dirigente da Fundação para a Diabetes, agradeceu a todas as associações de doentes e voluntários por colaborarem, motivando e animando os seus associados e toda a população a participar neste projeto, cujo objetivo é a preparação física e mental para caminhar até Santiago, além do reforço positivo para a prática diária de exercício e o reconhecimento do seu papel na gestão, cuidados, educação e prevenção da diabetes.